Receita Federal

Receita Federal da Fazenda

A Secretaria da Receita Federal do Brasil é um órgão governamental que pertence ao Ministério da Fazenda. Sua maior responsabilidade é administrar os tributos federais e fazer o controle alfandegário. Além de outros serviços e responsabilidades os mais importantes são os destacados acima. Saiba mais sobre esse órgão tão importante para os brasileiros e o Brasil.

Receita Federal da Fazenda

Receita Federal da Fazenda

Receita Federal CPF, Consulta

O CPF, cadastro de pessoa física, é um documento imprescindível para os cidadãos do Brasil. É o registro dos cidadãos perante a Receita Federal se tornando um contribuinte no ato de sua fabricação. Pode ser feito para qualquer cidadão e de qualquer idade, contando que tenha uma certidão de nascimento válida. É um dos principais documentos dos brasileiros, sendo necessário para abertura em contas de banco, matriculas em faculdades, expedir passaportes, entre outros inúmeros documentos e serviços do Governo Federal. A consulta do CPF pode ser feita no site da Receita Federal.

Onde você poderá ver a situação cadastral do documento assim como, imprimir o documento, já que ele se tornou um documento online. Há serviços para a regularização, cadastramento de brasileiros no exterior e ainda consultar o andamento do pedido do CPF.

Receita Federal Consulta CPF

Receita Federal Consulta CPF

Receita Federal CNPJ, Consulta

O CNPJ, assim como o CPF, é o cadastro nacional de pessoa jurídica, é um documento regulamentar de empresas por todo o Brasil. Com um número único esse documento identifica as empresas (pessoas jurídicas) juntamente à Secretaria da Receita Federal, e também, pessoas físicas equiparadas à empresas como: condomínios, fundos, órgãos públicos. Isso ajuda aos donos de empresas a contribuírem e pagarem os impostos juntamente ao Ministério da Fazenda. A consulta do CNPJ das empresas pode ser feita no site da Receita Federal.

Na internet há outros serviços no site da Receita Federal para o documento do CNPJ. Como inscrições de matriz, filiais empresariais, alterações cadastrais das empresas, interromper as atividades empresariais temporariamente, reiniciar atividades de empresas interrompidas temporariamente, entre outros inúmeros serviços para facilitar a vida dos empresários do Brasil.

Nos últimos anos, mais de 700 mil pessoas, fizeram a solicitação para a abertura de empresa, com isso a demanda por um CNPJ cresceu significativamente nos últimos tempos. Para solicitar um CNPJ junto a Receita Federal, é necessário seguir alguns passos para a aquisição do CNPJ, veja como e o que precisa para a adquirir um número de CNPJ, acessando aqui e seguindo o passos para a aquisição do CNPJ.

Para facilitar a vida dos empresários, a Receita Federal disponibiliza o E-CNPJ, certificado digital para ser usado em computadores, agilizando os processos realizados pelos contadores. Existe dois tipos de E-CNPJ, que….. continue lendo aqui

Receita Federal

Receita Federal

Secretaria Receita Federal

A Secretaria da Receita Federal é um órgão do Governo Federal que responde ao Ministério da Fazenda que é responsável pelo cadastramento do CPF, cadastro de pessoa física para os cidadãos brasileiros, e do CNPJ, cadastro nacional pessoa jurídica para as empresas e pessoas físicas equiparadas do Brasil. Além disso, administra tributos nacionais e internacionais, no comércio exterior e nos acordos diplomáticos do Brasil. Atua, além de diversos outros planos e serviços, na negociação e implementação de acordos internacionais em gestão de recursos humanos, materiais, tecnológicos e financeiros.

Receita Federal Imposto de Renda 2017

Imposto de Renda Receita Federal

Imposto de Renda Receita Federal

Todos os anos os cidadãos brasileiros e as empresas em território nacional devem fazer uma declaração de impostos de renda, que nada mais é que impostos cobrados sobre as rendas dos trabalhadores. Os autônomos devem fazer essa declaração comprovando todos os bens, rendimentos e pagamentos de sua empresa e de seu proprietário.

As pessoas que precisam declarar imposto de renda no ano de 2017, são as que tiveram um ganho acima de R$ 1.903,98 confira abaixo na tabela, para ver se você precisa declarar IR em 2017.

Receita Federal

Receita Federal

O imposto de renda sai diretamente da fonte dos trabalhadores todos os meses quando vão receber seus salários. Estão isentos os cidadãos que tem rendimentos até um salário mínimo por mês e também nos casos de doenças como: AIDS, alienação mental, cegueira, esclerose múltipla, mal de Parkinson, mal de Alzheimer, entre outras doenças degenerativas e doenças graves.

As datas para declarar o Imposto de Renda 2017 estão abertas, ocorrem do dia 02 de março de 2017 até 28 de abril de 2017. Estão liberados quase dois meses para que as pessoas podem recolher todas as informações necessárias para declarar o imposto de renda 2017.

O imposto de renda é digital e deve ser declarado online, no endereço: http://www.receitafederalfazenda.com.br/imposto-de-renda-2017/

Receita Federal da Fazenda

Receita Federal da Fazenda

O período a ser declarado é o ano anterior do ano da declaração. O cidadão deve declarar todos os bens que possui e ainda os rendimentos do ano inteiro e suas fontes de renda.

Na página da Receita Federal você deve validar o CPF e começar a declaração com os pontos a serem respondidos:

  • Identificação: nome, endereço, data de nascimento, ocupação e outras informações pertinentes à identificação
  • Informações de terceiros: é quando o declarante irá incluir, excluir ou alterar os alimentandos (pessoas que recebem pensão alimentícia) e os dependentes.
  • Rendimentos: declaração dos rendimentos do ano anterior que o declarante teve
  • Pagamentos: declaração dos pagamentos e doações feitas pelo declarante ao decorrer do ano anterior
  • Bens, direitos, dívidas e ônus: declaração de bens (adquiridos ou não no ano anterior), dívidas (adquiridos ou não no ano anterior), direitos (adquiridos ou não no ano anterior) e ônus (adquiridos ou não no ano anterior).

As empresas também devem fazer a declaração de imposto de renda, da mesma forma que seus proprietários, separadamente.

Receita Federal Restituição

A Receita Federal vai liberar nessa semana a segunda consulta ao terceiro lote da restituição do Imposto de Renda, são mais de 2,65 bilhões que a Receita vai restituir em todos Brasil, não perca essa oportunidade de ganhar o dinheiro extra, fique atento a restituição do Imposto de Renda.

A restituição do imposto de renda é quando o cidadão paga mais impostos do que deveria ter pagado no ano anterior. Pessoas com dependentes, alimentandos, despesas com médicos, entre outras despesas vai ganhando descontos em relação aos pagamentos feitos e tem direito a ser ressarcido. Assim como alguém que teve vários descontos que ultrapassaram o que deveria ter sido pago ao governo de impostos, irá receber a restituição. Nessas duas situações o contribuinte receberá o pagamento que excedeu do próprio Governo Federal, em conta corrente. Caso isso não ocorra, o contribuinte deve entrar em contato com o Banco do Brasil.

Foi liberado a consulta ao lote de restituição do Imposto de Renda 2017, com ano base 2015, a receita ainda vai liberar durante o ano mais 3 lotes para as datas de 17/10, 16/11 e 15/12. Caso você não esteja em algum dos lotes e evitar a checagem fina, a verificação pode ser feita pelo Centro Virtual de Atendimento da Receita – eCAC.

No acre a Receita liberou mais de R$ 4,4 milhões em restituição no imposto de renda 2017, você declarou o imposto de renda e quer ver se tem direito a restituição? Acesse aqui e veja se você tem direito.

Restituição Imposto de Renda Receita Federal

Restituição Imposto de Renda Receita Federal

Para consultar se você entrou nesse modo e a data da sua restituição, que são feitos de junho a dezembro do ano em que foi declarado os valores, basta entrar no site: http://www.receita.fazenda.gov.br/ ou pelo telefone da Receita Federal: 146.

Vale informar que a restituição tem os valores reajustados pela taxa Selic, até o contribuinte receber o dinheiro.

Receita Federal Certidão

Os cidadãos podem requerer à Receita Federal uma certidão negativa de débitos relativos à créditos tributários federais e à dívida ativa da união.

Colocar o CPF e tirar a certidão. Para sua validação tem que confirmar e validar essa certidão eletronicamente.

Do mesmo modo, as empresas podem requerer com seu CNPJ e os proprietários de imóveis rurais também, seguindo os mesmo passos para a certificação e validação da certidão negativa de débitos.

Algumas situações em que os cidadãos e as empresas irão necessitar da certidão negativa de débitos relativos à créditos tributários federais e dívida ativa da união:  solicitação de empréstimos, espólio, concorrência pública, licitações, auditorias, saída definitiva do país de origem, compra e venda de imóveis.

Como manter o CNPJ em dia

A Receita Federal realiza uma operação para cancelar o Cadastro nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ). Com isso empresa que tenta fraudar as notas fiscais tem o risco de ter suas portas fechadas pelos os agentes da Receita. A multa pode chegar a 150% o valor da fraude. Os agentes procuram empresas que vendem notas fiscais frias, onde a empresa as vezes nem possuem endereço.

Para você não ter problema com a Receita Federal, disponibilizamos um link com tudo que você precisa saber para manter sua empresa em dia com as regras da Receita. Entre aqui e confira tudo!

Concurso para a Receita Federal

A Receita Federal, solicitou o pedido para realização do concurso ao Ministério do Planejamento, a Receita Federal está abrindo 1000 vagas para candidatos interessados na realização do concurso. As vagas são para Analista Tributário e Auditor Fiscal.

O salário oferecido para o candidatos que se qualificarem no concurso público é de R$ 16 mil para Analista Tributário e R$ 9 mil para Auditor Fiscal e mais R$ 458 para vale-alimentação.

Receita Federal da Fazenda